Bombardier Challenger 604 faz pouso de emergência após passar por esteira de turbulência de um A380

0
1099

No dia 07 de Janeiro de 2017 um Bombardier Challenger 604 (matrícula D-AMSC) da MHS Aviation passou por uma situação nem um pouco agradável, a aeronave havia decolado do aeroporto de Male, nas Ilhas Maldivas e prosseguia para Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos.

 

O Challanger 604 prosseguia para seu destino a 34000ft (FL340) com 09 pessoas a bordo, o voo seguia normalmente até cruzarem com um Airbus A380 que passou a 1000 pés acima deles no FL350, antes de mais nada, é importante deixar claro que a separação vertical mínima entre aeronaves é de 1000ft (aproximadamente 330mts), então ambos estavam seguindo as regras.

Após cruzar com o Airbus A380 o Challanger entrou na wake turbulence do Airbus que havia passado a alguns segundos, causando a perda temporária do controle da aeronave e uma perda de altitude de aproximadamente 10.000ft, foi confirmado também que a aeronave entrou em loop no mínimo 5x antes da tripulação conseguir retomar o controle da mesma. Foi declarado emergência e a aeronave pousou em segurança no aeroporto de Muscat. das 9 pessoas a bordo 8 ficaram feridas, uma dela em estado grave, devido aos danos causados na estrutura da aeronave foi dado a perda total da mesma.

(Aeronave teve danos estruturais tão pesados que dado perda total)

(Simulação do que aconteceu com o Challanger 604)

(Interior da aeronave depois do ocorrido)

 

Mas o que é wake turbulence?

Traduzindo trata se da esteira de turbulência, é um efeito que uma aeronave gera em suas devido ao arrasto, toda aeronave deixa essa esteira, entretanto ela é perceptível e mais perigosa em aeronaves maiores, devido ao arrasto ser maior.

Mas o que pode acontecer com uma aeronave quando se depara com esse arrasto? A esteira é algo muito critico para as aeronaves que estão atras de outra, pois se você acabar entrando na esteira gerada por outra ela pode perder os comandos da aeronave ou até sair de seu curso e altitude.

Para entender um pouco mais sobre o assunto vamos explicar abaixo um pouco mais sobre a teoria de voo.

Tipos de arrasto

  1. O Arrasto Parasita é o arrasto, ou seja a resistência de atrito ao ar (Fluído no caso do avião), provocado por todas as superfícies do avião que não produzem sustentação, como: Fuselagem, motores, trens de pouso, antenas e etc.. Este é medido comparando-se o arrasto destas partes com o arrasto provocado por uma superfície plana perpendicular ao movimento.
  2. Já o Arrasto Induzido é provocado pela tendência que o ar tem em escoar da parte inferior para a parte superior das superfícies aerodinâmicas, devido a diferença de pressão existente entre elas, formando pequenos redemoinhos ou turbilhonamentos, que se não forem minimizados afetaram a sustentação destas superfícies.

O arrasto que estamos falando no caso do Challanger 604 é o arrasto induzido, conforme explica ele causa “redemoinhos” chamados de vortex, e quanto maior o peso da aeronave, maior o grau de perigo a esteira.

 

 

Categorias de aeronaves

  1. Light (L) – tipos de aeronaves de peso máximo de decolagem de 7000 kg (15.500 libras) ou menos.
  2. Medium (M) – tipos de aeronaves de peso máximo de decolagem inferior a 136.000 kg (300.000 libras) e superior a 7000Kg ( 15.500 libras).
  3. 3 Heavy (H) – todos os tipos de aeronaves de peso máximo de decolagem de 136.000 kg (300.000 libras) ou mais.

A380 entra na categoria SUPER, que é acima da HEAVY.

E para que uma aeronave não entre na esteira da outra o controlador tem que manter uma separação minima entre elas para garantir a segurança do voo.
Durante o pouso:
  • Medium atrás de Heavy 2 minutos de espera.
  • Light atrás de Heavy 3 minutos de espera.
  • Light atrás de Medium 3 minutos de espera.
  • Medium atrás de A380 3 minutosde espera.
  • Light atrás de A380 4 minutos de espera.

OBS: A380 seria uma categoria de esteira maior que a Heavy, conhecida como SUPER.

 
Durante a decolagem
 
  • Medium atrás de Heavy 2 minutos de espera.
  •  Light atrás de Heavy 2 minutos de espera.
  •  Light atrás de Medium 2 minutos de espera.
  • Medium atrás de A380 3 minutos de espera.
  • Light atrás de A380 3 minutos de espera.

OBS: Caso a aeronave decida decolar de um ponto intermediário da pista deverá ser acrescentado 1 minuto neste tempo de espera.

Existe alguma solução para diminuir o arrasto induzido de uma aeronave?
Sim, são os winglets, instalados na ponta da asa para auxiliar o escoamento do ar causando um turbilhonamento menor.
(Abaixo segue um vídeo entremostrando uma esteira de turbulência de um C-5 Galaxy)
[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=uy0hgG2pkUs[/embedyt]
(Vídeo para exemplificar a esteira de turbulência em aeronaves no dia a dia)
[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=dfY5ZQDzC5s[/embedyt]
Vale lembrar que o A380 entra em operação no dia 26/03 no Brasil, e despertou uma preocupação entre os pilotos devido a sua categoria de turbulência.
(Para ler a matéria do A380 no Brasil, clique aqui)
Advertisements
Advertisements

Comments

comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.