Foram divulgados os primeiros detalhes sobre o interior do Boeing 777X

1
366

A Boeing divulgou recentemente um documento de 79 páginas em seu site, esse documento fornece os primeiros detalhes do 777X em relação ao interior da aeronave, como dimensões, configuração interna, quantidade de assentos e até mesmo o número de banheiros dentro da aeronave. Esse documento ajudará os aeroportos que devem receber o 777-9X nos próximos anos.

A grande novidade é que o 777X cresceu 10,2cm em largura na parte interna, sem alterar o diâmetro da fuselagem, para isso a Boeing precisou remodelar os painéis internos de acabamento, esse espaço extra permite um maior conforto do passageiro, visto que é possível aumentar a largura do corredor ou das poltronas sem comprometer a configuração interna. Esse também é um esforço da Boeing para concorrer com o novíssimo A350XWB da Airbus.

 

 

As dimensões básicas do 777X não serão alteradas, como a largura da fuselagem (diâmetro), nem mesmo a altura da cabine. Outras dimensões como a envergadura e comprimento ganharam incrementos, porém permanecem as mesmas desde que a Boeing anunciou o projeto 777X, a fuselagem do 777-9X tem 76,7 metros de comprimento, enquanto a versão 777-8X tem 69,8 metros de comprimento.

A Boeing atualizou também a altura do 777-9X, por causa de uma atualização na altura do estabilizador vertical. Agora o 777-9X tem 17 centímetros a menos de altura, porém continua 1 metro mais alto do que o atual 777-300ER.

 

A asa dobrável da família 777X permanece inalterada, ela terá 64,82 metros quando as pontas estiverem fletidas para cima, e 71,8 metros quando totalmente estendida, em configuração de voo. A asa dobrável servirá para o Boeing 777X conseguir operar no mesmo gate que hoje um 777-300ER opera, por exemplo. Caso o 777X não tivesse a asa dobrável ele entraria na mesma categoria do A380 e 747-8i, que sofrem limitações de tráfego em taxiways e de espaço no gate.

A asa do 777-9X também tem 2,54 cm a mais de largura na raiz, quando comparada com o 777-300ER.

 

 

Em configuração interna a Boeing afirma que o 777-9X será capaz de levar 414 passageiros em duas classes, ou 349 passageiros em três classes. A aeronave também terá uma capacidade 7% maior de levar combustível, em comparação com o 777-300ER.

 

 

A capacidade de passageiros do 777-9X ainda é muito inferior ao do Airbus A380, que consegue levar mais de 615 em duas classes e cerca de 520 em três classes, com as atuais melhorias da fabricante europeia.

A Boeing continua com a mesma estimativa de alcance para o 777-9X, que deverá voar por até 14100 km sem escalas, e 16100 km para o 777-8X. A aeronave será propulsionada por dois motores General Electric GE9X-105B1A, com 105 mil lbf de empuxo cada. Ao todo a Boeing tem 306 encomendas para a família 777X, com 253 aeronaves 777-9X encomendadas e 53 para a linha 777-8X.

 

 

Fonte: Boeing

Advertisements
Advertisements

Comments

comments

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here