Airbus anuncia versão PLUS para o A380

1
239

A Airbus confirmou, neste domingo, o desenvolvimento de um A380-800 aprimorado que será chamado de A380plus. O modelo plus do gigante terá upgrades, incluindo winglets novos e maiores, além melhorias em sua eficiência, promovendo  uma economia de até 4% no consumo de combustível quando comparado com a versão atual. A nova versão do gigante da Airbus, deverá ter mudanças no seu programa de manutenção e aprimoramentos na cabine, reduzindo o custo geral por assento em 13% em relação ao A380-800 padrão.

O Diretor de Operações da Airbus John Leahy, disse me entrevista que O A380plus é uma maneira eficiente de oferecer uma economia ainda maior e aprimorar a performance operacional ao mesmo tempo, também complementou que o A380plus é um passo para nosso avião símbolo servir a crescente demanda a nível mundial e as necessidades dos clientes do A380. Trata se de uma aeronave já aprovada como solução para grandes congestionamentos em grandes aeroportos, oferecendo ainda uma experiência única para o passageiro.”

Com uma reformulação em seus winglets, que agora medem 4,7 metros em altura (sendo 3,5 metros para cima e 1,2 metro para baixo) eles foram redesenhados para melhorar a aerodinâmica da aeronave e reduzir de maneira drástica o arrasto. Mesmo o novo winglet ser maior do que o o antigo não houve acréscimo de peso nele devido ao material utilizado em sua fabricação. O novo winglet não aumentou a envergadura da asa do A380 e é compatível com todos os aeroportos que o gigante da Airbus opera.

 

 

Sua cabine foi aprimorada permitindo a adição de até 80 assentos mesmo se a aeronave possuir configuração de 4 classes, graças a um novo design nas escadas e no compartimento de descanso da tripulação foi possível aumentar a capacidade de passageiros a bordo se interferir no conforto dos passageiros.

O A380plus também terá o peso máximo de decolagem aumentado para 578 toneladas, permitindo levar mais 80 passageiros com o alcance de 8.200 milhas náuticas (15.186 km) ou aumentar o alcance em 300 milhas náuticas (555 km) na capacidade média atual de 497 passageiros.

Uma das alterações mais importantes é o seu novo programa de manutenção que terá um  intervalo maior, sendo agora de seis anos entre grandes manutenções que, combinados com melhorias nos sistemas, irá reduzir os custos de manutenção e aumentar a disponibilidade da aeronave, atualmente um dos grandes gargalos do A380 para a aviação era seu custo operacional.

 

Segundo o site FlightGlobal, os novos winglets poderão ser instalados apenas em novas aeronaves e o A380 que recebeu os novos winglets estará no Paris Air Show 2017, porém apenas para exposição estática. A aeronave de matrícula F-WWDD foi doada ao museu do Le Bourget e não voa mais, sendo que os novos componentes foram instalados apenas para uma concepção visual.

Também existem rumores de que a Airbus estaria negociando com a Emirates, atualmente a empresa com a maior frota de A380 no mundo (100 unidades voando pela empresa), que ainda possui 40 unidades encomendadas do A380 clássico. Existe a possibilidade de que os pedidos sejam convertidos para o modelo plus do A380. A Emirates sempre pressionou a Airbus em busca de uma nova versão A380 que gerasse uma maior economia, o A380neo. Mesmo não havendo confirmação em relação a upgrades e melhorias na eficiência dos motores do A380 a Emirates está procurando garantias destas melhorias antes de fechar um contrato com o fabricante.

 

Fonte: Airbus

 

  

Advertisements
Advertisements

Comments

comments

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.