Embraer fecha venda de 51 aeronaves valor chega a US$ 3 bilhões e reforça posição no mercado

0
173

A companhia brasileira Embraer anunciou nesta semana que fechou acordos para a venda de 51 aeronaves, em negociações que alcançarão um total de US$ 3 bilhões. As negociações foram fechadas durante o 52º Salão Internacional de Aeronáutica e Espaço (Paris Air Show), evento do mercado aeronáutico na França.

As encomendas foram feitas por diferentes empresas do mercado mundial da aviação e, somados, chegam a US$ 3 bilhões. Ao todo, são 18 pedidos firmes e 33 jatos com intenção de compra. Um dos contratos foi fechado com a companhia aérea japonesa Fuji Dream Airlines, que encomendou três jatos do modelo E-175 e o direito de compra (pedido firme) de mais três jatos do mesmo modelo. O negócio foi fechado por US$ 274 milhões.

Foram encomendados dez jatos do recém lançado E195-E2, com direito de compra de mais dez jatos do mesmo modelo, em um acordo de aproximadamente US$ 670 milhões. A empresa também recebeu o pedido intenção de compra de 20 jatos do modelo E190-E2 de outro cliente que preferiu não se identificar, no valor de US$ 1,1 bilhão.

Em outra negociação, a Embraer anunciou a encomenda de dois jatos E190 pela companhia aérea holandesa KLM CityHopper por US$ 101 milhões. Também foi firmado um acordo com a Japan Airlines para a encomenda de um jato E190. O valor desta negociação não foi divulgado.

Durante a Paris Air Show, a Embraer recebeu a encomenda de dois jatos, sendo um E175 e um E195, da companhia aérea bielorrussa Belavia, para serem entregues em 2018. O acordo foi fechado em USS 99,1 milhões.

Vale lembrar que o KC-390 também está em fase de certificação e também houve demonstração dele no Air Show em Paris, e vários países europeus anunciaram a intenção de compra antes mesmo do evento.

Advertisements
Advertisements

Comments

comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.