Aeronave perde carga avaliada em $368 milhões durante decolagem, veja imagens

0
4250
Via siberiantimes / twitter

Um Antonov An-12 operado pela Ninbus Airlines perdeu uma carga avaliada em $368 milhões de dólares durante a decolagem no aeroporto de Yakutsk, Rússia.

De acordo com informações iniciais a aeronave prosseguia para o aeroporto de Kasnoyarsk, a carga era composta por ouro, platina e diamantes. Durante a decolagem a aeronave sofreu um tail strike que acabou criando um rombo em sua fuselagem.

Via siberiantimes / twitter

Na aviação, o termo tailstrike (em português:”bater com a cauda“) é um evento em que a a parte  traseira de uma aeronave atinge a pista. Isto pode acontecer durante a decolagem ou pouso de uma aeronave, normalmente ocorre quando o piloto puxa o manche demasiadamente, conduzindo o conjunto de cauda da aeronave a entrar em contato com a pista. Ele também pode ocorrer durante o pouso se o piloto levanta o nariz de forma muito agressiva. Isso é muitas das vezes o resultado de uma tentativa de pousar o mais perto da cabeceira da pista.

Estima se que a aeronave dropou parte de sua carga por 26km até a tripulação ser alertada pelo controlador e alternar para o aeroporto de Magan, localizado a 23km do aeroporto de Yakutsk.

O aeroporto de Yakutsk foi interditado para limpeza e remoção da carga da pista, o exército e o serviço secreto russo foram acionados para recuperar a carga.

A carga pertence a uma empresa canadense chamada Chukotka Mining and Geological Company, 75% do capital privado da empresa pertence ao grupo Canadian Kinross Gold.

Via siberiantimes / twitter
Via siberiantimes / twitter
Via siberiantimes / twitter
Via siberiantimes / twitter
Via siberiantimes / twitter
Via siberiantimes / twitter

Fonte: Siberian Times / Twitter

Advertisements
Advertisements

Comments

comments