Companhia aérea Darwin teve certificado de operação aérea suspenso após declarar insolvência

2
144
Registro de um SAAB 2000 da Darwin em Genebra no dia 04/09/2017

24 horas após a companhia aérea Suíça Darwin Airlines declarar insolvência (quando o devedor tem prestações a cumprir superiores aos rendimentos que recebe. Portanto um insolvente não consegue cumprir as suas obrigações (pagamentos)) para reestruturar suas operações, a empresa teve seu certificado de operação aérea suspenso por reguladores da Federal Office of Civil Aviation (FOCA).

A empresa disse que está procurando uma solução para retomar suas operações, vale lembrar também que a Darwin teve grandes mudanças no início de 2017, quando a Etihad Airways vendeu sua participação de 33% na Darwin (Etihad Regional) para a companhia aérea Adria Airways.

Em nota, o regulador de aviação suíço (FOCA) disse que “a Darwin ainda teria permissão para operar vôos de arrendamento para outras companhias aéreas, algo que a Darwin anunciou que seria uma prioridade de reestruturação, entretanto os demais serviços estão suspensos.

Os vôos de Darwin entre Lugano e Genebra foram encerrados imediatamente após o comunicado da FOCA no último dia 28 de novembro de 2017.

Advertisements
Advertisements

Comments

comments

2 COMMENTS

  1. Essa empresa era muito boa, uma pena que ela tenha deixado de voar, o espaço intero das aeronaves era excelente, voei num Saab 2000 para Genebra, um espetáculo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.