A Embraer informou ontem, 03/09/2020, através de um comunicado oficial o desligamento de 900 funcionários em suas unidades no Brasil. A empresa informou que o motivo das demissões está relacionado aos impactos causados pelo COVID-19 na aviação a nível global e também pela parceria que a empresa havia feito com a Boeing mas foi suspenso no final de abril deste ano.

A maior perda que a Embraer teve foi no setor de aviação civil, no qual houve uma redução ode 75% nas entregas de aeronaves em comparação com o mesmo período do ano passado.

A Embraer já havia dado outras opções aos seus funcionários, tais como férias coletivas, programas de demissão voluntária, entretanto medidas mais drásticas estão sendo adotadas pela empresa para continuar no mercado, e mesmo com o empréstimo de U$$600 milhões recebidos do BNDES e outros bancos em junho de 2020, a empresa continua adotando medidas mais drásticas para poder se manter no mercado.

 

Leave a Reply